Pular para o conteúdo principal

Abaixo-assinado do pastor Silas Malafaia supera as 200 mil adesões contrárias à cassação de seu registro profissional no Conselho de Psicologia


O pastor Silas Malafaia alcançou o objetivo de coletar 200 mil assinaturas para um abaixo-assinado favorável a ele no imbróglio envolvendo a iniciativa de ativistas gays que desejam a cassação de seu registro profissional junto ao Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro.
O imbróglio começou com um abaixo-assinado postado no site da ONG Avaaz, um portal que abre espaço para a criação de petições públicas online solicitando que a presidente do CRP-RJ, Vivian de Almeida Fraga, instaurasse inquérito para investigar a conduta dita “homofóbica” do pastor Silas Malafaia.
Em resposta, um evangélico chamado Ricardo Rocha criou uma petição favorável ao pastor, com o objetivo de coletar o dobro de assinaturas propostas pelos ativistas gays: 200 mil. Porém, a Avaazretirou do ar a campanha pró-Malafaia, quando ela tinha 65 mil adesões, contra 55 mil (à época) do abaixo-assinado contrário ao pastor.
Diante disso, Malafaia usou uma página da Associação Vitória em Cristo, do qual é diretor, para promover um novo abaixo-assinado, e prometeu processar a ONG Avaaz: “Vão ter que provar que eu sou homofóbico. Homofobia é doença”, disse o pastor ao site A Gazeta, em resposta às alegações de Pedro Abramovay, representante brasileiro da Avaaz, que afirmou em entrevista à Folha de S. Paulo que a petição pró-Malafaia era um “lobby para práticas homofóbicas”.
Ainda na entrevista à Gazeta, Malafaia disse acreditar que o CRP-RJ não irá adiante com o processo movido em sigilo para avaliar se seu discurso é homofóbico: “Eles não vão pagar esse mico. Qualquer coisa, de um estatuto da Igreja até o regimento do conselho, nada pode superar a Constituição, que me garante, em seu Artigo 5º, o direito à liberdade de expressão. Eles vão tomar uma lambada”.
No texto do abaixo-assinado favorável ao pastor, que embora sem valor legal registra um extrato social a respeito das opiniões referentes ao caso, a manifestação frisa que “em nenhuma das entrevistas concedidas à imprensa, Silas Malafaia se apresenta como psicólogo, e sim como pastor, o que não justifica uma petição que envolva o Conselho Regional de Psicologia”.
O texto reforça ainda o direito constitucional do artigo quinto, que garante a liberdade para expressar opiniões: “Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política”, diz a Constituição Federal.
A petição-pública no site da Avaaz contra o pastor Silas Malafaia, registrava no momento em que essa matéria estava sendo finalizada, pouco mais de 75 mil assinaturas. O objetivo dos ativistas gays é chegar a 100 mil adesões.
Veja o print-screen da tela do site onde estão registradas as assinaturas pró-Silas Malafaia:
abaixo-assinado pro-silas malafaia
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa