Pular para o conteúdo principal

Evangélica faz vídeo dizendo que Marco Feliciano e Silas Malafaia “não me representam” e vira sucesso nas redes sociais; Assista


As polêmicas em torno da continuidade do pastor Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos e Minorias continuam se alastrando pelo país, e encontra vozes também no meio evangélico. Um dos exemplos é a blogueira Jussara Oliveira, que gravou um vídeo intitulado “Marco Feliciano e Silas Malafaia não me representam”, e se tornou sucesso nas redes sociais.
Criticando as polêmicas declarações de Feliciano sobre sua posição teológica a respeito dos negros, a blogueira ressalta que tal interpretação da Bíblia é adotada apenas por uma vertente da igreja evangélica, e afirma ter certeza de que Deus não pensa dessa forma sobre nenhuma pessoa.
- Esse não é um pensamento que seja unânime na Igreja Evangélica. Existe uma vertente que pensa dessa forma. Eu como negra me sinto muito ferida, muito atingida – afirma Jussara;
- A impressão que a gente tem é que existe uma raiva muito grande com relação aos gays. Se o casamento gay for aprovado a minha vida não vai mudar em nada, porque não sou gay – completou a blogueira.
Ao explicar suas críticas, Jussara Oliveira cita outros grupos minoritários da sociedade, e afirma que não é preciso fazer parte de tais grupos para se preocupar com a forma com que são tratados. Ela ressaltou ainda que, como político, Feliciano é um representante do povo, não importando se negros, gays, evangélicos ou parte de qualquer outro grupo, e disse que o pastor não tem o direito de levar suas opiniões que, segundo ela, são fruto de um “evangelho que é próprio dele” e que estão presas numa caixa de hipocrisia e levar para dentro do congresso.
A blogueira afirmou ainda que o que falta para pessoas “desse tipo” é amor.
- Não tem pecado maior e pior, do que não amar o próximo – ressalta.
Em seu vídeo, Jussara critica ainda os pastores que utilizam dinheiro obtido através de dízimo para manter horários na televisão e utilizam esses horários para divulgar o que ela afirma ser uma mensagem que não é a do Evangelho.
As manifestações contra Marco Feliciano tem ganhado força também entre artistas e outras personalidades. No Rio de Janeiro, um protesto foi organizado durante a 7ª edição do Prêmio APTR (Associação dos Produtores de Teatro do Rio), na noite desta segunda-feira (25), e contou com a presença da atriz Fernanda Montenegro, de 83 anos, que protestou contra o pastor dando um beijo na boca da atriz Camila Amado, de 77.
Segundo o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), o cantor Chico Buarque também manifestou apoio contra o parlamentar. Freixo afirmou, segundo o Estadão, que o cantor teria lhe enviado um e-mail na terça-feira, 26, afirmando que apoia as manifestações que pedem a saída de Feliciano do cargo.
- O Chico Buarque me mandou um e-mail e pediu para que eu colocasse o nome dele em qualquer lista que defenda os direitos humanos. Ele disse: ‘Assino qualquer lista em defesa da Comissão de Direitos Humanos e pela saída deste deputado – informou o Marcelo Freixo.
Na segunda-feira Freixo organizou uma manifestação que reuniu o cantor Caetano Veloso e também outros artistas, como o ator Wagner Moura e a atriz Leandra Leal, juntamente com o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), que tem articulado a frente de resistência contra Feliciano na Câmara.
O líder do PMDB e integrante da bancada evangélica, Eduardo Cunha, também comentou o caso de Marco Feliciano, afirmando que a postura adotada pelo pastor é uma forma de se reeleger.
- O assunto virou comoção no meio evangélico. Se ele renunciar à presidência da Comissão dos Direitos Humanos não se reelege nunca mais; se ficar, se reelege com 1 milhão de votos sem sair de casa. O que você acha que ele deve fazer? Esquece, ele não renunciará. – afirmou Cunha, segundo o jornalista Lauro Jardim.
Assista na íntegra ao vídeo de Jussara Oliveira:
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa