Pular para o conteúdo principal

Séries bíblicas de TV fazem sucesso de público e quebram recordes de audiência


Séries de TV com temática bíblica não são sucesso apenas no Brasil, e apostando nisso, produtores do canal History Channel produziram um programa em capítulos sobre a história que a Bíblia conta.
Por aqui, a aposta se mostrou bastante válida com as atrações apresentadas pela TV Record nos últimos anos. Embora o History Channel seja um canal com filiais em todo o mundo, a série foi exibida primeiro nos Estados Unidos, e registrou ótimos índices de audiência, superando a elogiada série de ficção The Walking Dead, do canal AMC.
Intitulada “The Bible”, a série estreou no último domingo, quebrando recordes de audiência para as TVs por assinatura, registrando mais de 13 milhões de espectadores, no horário entre 20h00 e 22h00.
“Nós não poderíamos estar mais felizes com o sucesso inicial de ‘The Bible’ no History Channel. O mundo está assistindo agora e estamos incrivelmente humildes pela reação à série… Em última análise, ‘The Bible’ será vista e sentida por milhões ao redor do globo”, comemoram os produtores executivos Roma Downey e Mark Burnett, segundo informações do Huffington Post.
Os temas bíblicos tem atraído ainda outras emissoras, que atentas ao interesse do público por mais informações sobre a Bíblia, produzem não apenas documentários, mas entrevistas e debates sobre os temas.
A Fox News promoveu um debate entre o escritor e apresentador Bill O’Reilly e o pastor Robert Jeffress, da Primeira Igreja Batista em Dallas, uma megaigreja de onze mil membros.
Anteriormente, O’Reilly já havia dito que “muito do que a Bíblia fala é alegoria” e que existem “algumas contradições entre Mateus, Marcos, Lucas e João”, durante uma entrevista com os produtores da série “The Bible”.
No programa com Robert Jeffress, O’Reilly questionou se o pastor cria que Adão e Eva realmente existiram e se ele optaria por acreditar nisso em vez da teoria da evolução. Jeffress respondeu: “Absolutamente, sim. Eles viveram no Éden. Eles eram seres humanos reais e Jesus afirmou isso em Mateus 19, e então eu acho que Jesus sabia o que ele estava falando. Jesus disse que Deus criou o homem e a mulher no jardim e Ele os uniu em casamento”.
De acordo com o WND, o apresentador retrucou dizendo que se o pastor acreditava em Adão e Eva, havia “uma série de outras coisas” que ele deveria acreditar: “O incesto é um deles, porque a corrida teve de procriar fora das crianças que Adão e Eva tiveram. Então você tem que rejeitar a ciência da evolução e datação por carbono e todas essas coisas. Então é essa crença incompatível com a ciência. Ou estou errado?”, questionou, para a resposta categórica do pastor Jeffress: “Eu acho que você está errado em um ponto: a Bíblia não contradiz a verdadeira ciência. Pode contradizer os modismos que não passam de teoria científica, e que estão sempre evoluindo. Por exemplo, pensava-se que o cosmos sempre existiu. Mas depois tivemos Sir [Fred] Hoyle, que nomeou o Big Bang Theory, e que disse: ‘Adivinhem, o universo começou há 13,7 bilhões de anos”.
Outra atração que deverá conquistar grande audiência e gerar polêmica em todo o mundo é o especial de Páscoa que a rede britânica BBC está produzindo, e que comparará a crucificação de Cristo com a causa dos ativistas gays.
O programa será apresentado na Rádio 4, que faz parte da rede BBC, pelo ativista gay Benjamin Cohen, e tentará a comparação dizendo que os homossexuais não são compreendidos assim como Jesus o foi, e que a “crucificação” pode acontecer à comunidade gay por incompreensão.
Cohen, que tem origem judaica, se baseia em suas impressões das passagens bíblicas para construir seus argumentos: “O sentimento de ser abandonado por Deus é percebido nas palavras de Cristo nas narrativas de Marcos e Mateus, onde ele diz: ‘Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?’”, afirma, para aludir à causa gay.
A postura de Cohen, entretanto, tem sido considerada blasfema: “Embora tenhamos uma imensa compaixão por aqueles que são rejeitados pela sociedade, comparar a rejeição causada por escolhas comportamentais com o que as autoridades fizeram com Jesus é uma blasfêmia”, pontuou Andrea Williams, diretora da Christian Concern.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa