Pular para o conteúdo principal

Arqueólogos descobrem ruínas do palácio do rei Davi nas colinas de Judá

Um grupo de arqueólogos da Universidade Hebraica, liderado pelo professor Yossi Garfinkel, e apoiado pela Autoridade de Antiguidades de Israel, anunciou a descoberta de um palácio e um armazém do rei Davi, nas colinas de Judá.
De acordo com os especialistas, estes são os maiores edifícios já encontrados dessa época, o décimo século aC. O fato de pertencer à família real também confirma a extensão do reino de Davi, que teria feito esta cidade uma fortaleza. Durante o ano passado, os arqueólogos escavaram um sítio que eles acreditam ser a cidade fortificada de Saaraim na Judéia, mencionada no livro de Josué, e no primeiro livro de Samuel. Essa seria a cidade onde Davi venceu Golias.
- Esta é uma prova irrefutável da existência de uma autoridade importante em Judá na época do rei David. (…) Esta é uma prova clara da existência de um reino, e que ele empreendeu centros administrativos em pontos estratégicos – afirmam os responsáveis pela descoberta.
ruinas-palacio-davi-alto
- Essas ruínas são o melhor exemplo descoberto até agora de uma cidade fortificada da época do rei David – afirmou o professor Yossi Garfinkel, segundo a Foxnews.
Ao redor do perímetro do palácio estão outros espaços confinados, onde se encontraram evidências da indústria de metal, vasos de cerâmica especiais e fragmentos de vasos de alabastro importados do Egito. O palácio está situado no centro da localidade, de onde você poderia controlar toda a cidade. A partir deste ponto, o mais alto, teria uma vista privilegiada do entorno, com o Mar Mediterrâneo e as montanhas de Hebron e Jerusalém ao oriente.
ruinas-palacio-davi-vasos
Segundo os pesquisadores, o palácio foi destruído 1400 anos depois de sua construção, quando uma fazenda fortificada foi construída, no período bizantino.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…