Pular para o conteúdo principal

Cientistas afirmam que ter experiências religiosas pode atrofiar o cérebro

Um estudo científico publicado recentemente constatou que pessoas que passam por experiências ligadas à religião podem sofrer um encolhimento de uma parte essencial do cérebro.
A pesquisa, publicada pela revista especializada PLoS One, foi conduzida por cientistas da Universidade de Duke, e afirmou que pessoas adeptas a religiões podem sofrer de atrofia cerebral na área do hipocampo, uma região responsável por absorver emoções, arquivar memórias recentes em lembranças duradouras, e garantir a manutenção de outras funções do cérebro.
Os pesquisadores conduziram experiências usando ressonância magnética funcional em 268 homens e mulheres com idade a partir dos 58 anos. Esses voluntários haviam participado de um estudo ligado à depressão na terceira idade, e para serem classificados dentro da experiência, responderam questões ligadas à fé.
Segundo informações do site da revista Galileu, o grupo foi dividido entre religiosos e não-religiosos, e dentre os praticantes da fé, foram criados dois subgrupos, separando os voluntários entre “cristãos renascidos” e “fiéis com experiências religiosas marcantes”.
De acordo com o relatório publicado pela PLoS One, houve diferença substancial na atrofia do hipocampo dos voluntários que se identificaram como “fiéis com experiências religiosas marcantes”, em comparação com os que se disseram não-religiosos ou até mesmo com religiosos “cristãos renascidos”.
Os pesquisadores acreditam que a diferença pode ser resultado do stress a que os voluntários foram submetidos ao longo de suas vidas. Este estudo faz parte de um pequeno grupo de experiências científicas a respeito dos efeitos da fé sobre o cérebro a longo prazo.
A pesquisa vem amplamente sendo questionada por diversos grupos religiosos que preparam protestos contra a Universidade de Duke.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…