Pular para o conteúdo principal

Lula critica postura do pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos, afirma jornalista

Nessa sexta feira, o jornalista Leandro Mazzini publicou um comentário em sua coluna no jornal Diário de S.Paulo afirmando que, se Lula ainda fosse presidente, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), já teria “rodado” da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.
Mazzini justificou sua afirmação citando uma suposta conversa do líder petista durante um evento em Leipzig, na Alemanha, onde o ex-presidente teria criticado ferozmente postura de Feliciano no cargo. A conversa, segundo o jornalista, aconteceu em uma roda de amigos, entre os quais estaria o deputado Ronaldo Fonseca (PR-DF), que teria repassado a informação sobre a conversa a outros parlamentares.
O jornalista destaca que Fonseca é evangélico, e um dos aliados de Marco Feliciano, o que o teria motivado a divulgar a conversa com o ex-presidente.
Através do Twitter, Feliciano comentou as afirmações de Mazzini, questionando se Lula realmente teria se preocupado em comentar sua gestão diante da Comissão durante um encontro entre líderes políticos mundiais. O deputado afirma que, ou se trata de uma mentira, ou as afirmações de Lula estariam revelando a existência de influentes “padrinhos políticos” do movimento LGBT dentro do atual Governo.
- Será que Lula, na Alemanha, podendo falar de Chefes de Estado se preocupou em falar de mim? Ou é mentira ou de fato a agenda GLBTT tem padrinhos fortíssimos no governo, incluindo Lula – afirmou Feliciano na rede social.
- Dilma despenca; o PT se divide; o líder do PT fala de bônus p base aliada; mensaleiros do PT condenados; e Lula se preocupa comigo? – completou o parlamentar, citando a recente queda de aprovação popular do Governo petista.
Procurada pela redação do Gospel+, a assessoria do deputado Marco Feliciano informou que o parlamentar só se pronunciará sobre o caso na próxima semana.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Biografia - Pr. Clodoaldo Alves da Costa

Nascido em 31 de dezembro de 1952 na cidade de Benedito do Rio Preto-MA, filho de dona Maria Alves da Costa e seu Pedro Florêncio Borges, aos 17 anos migrou para o estado do Pará em 1974, onde passou a morar em Itaituba e Santarém e em 05/02/75 aceitou a Cristo Jesus como seu salvador e em maio do mesmo ano foi selado com o Santo Espirito da promessa e em 31/08/75 foi batizado em águas no Rio Tapajós, no ano seguinte foi apresentado como auxiliar do trabalho pelo Pr. Eliezer pastor presidente da igreja, começava ai toda uma trajetória dedicada a Deus. No mesmo ano foi indicado para ajudar o irmão João Gomes na Vila de São Luís do Tapajós e em 1977 retornou para Itaituba para desenvolver um trabalho com mocidade e escola bíblica dominical e em 1978 nosso pastor foi enviado para o Instituto Bíblico Amazônico em Belém, uma escola em regime de internato, ali começou a sua preparação educacional e psicológica para o Santo Ministério, ali passou 3 anos em tempo integral . No final de 1980 no…