Pular para o conteúdo principal

Nixon, do Flamengo, fala de sua relação com a fé e afirma querer seguir os passos de Kaká como um grande jogador evangélico

O jogador Nixon, destaque do jogo do Flamengo contra o ASA nessa quarta-feira, pela Copa do Brasil, concedeu uma entrevista ao Globo Esporte falando da importância de sua relação com a fé com sua trajetória no futebol profissional. Em sua relação com a fé, o jogador destaca como exemplos de postura os jogadores Kaká e Léo Moura.
Conhecido por ter uma oratória incomum entre jogadores, Nixon, que é evangélico, une a paixão pelo futebol e sua religião ao apontar Kaká e Léo Moura como inspirações, e sonha alto: deseja a Seleção e o futebol europeu ao longo da carreira. Sua relação com a fé também é forte, e o jogador já faz pregações no Rio de Janeiro.
- Temos que sempre ter foco, trabalhar firme e sermos obedientes, descansar. Fazer tudo que a nossa profissão exige. Muitas vezes tem sacrifício, mas trabalhamos com nosso corpo. Se não trabalharmos o que é nosso, não tem como dar certo. Procuro guardar tudo aquilo que vivi – declarou o jogador, que também é conhecido por seu foco e dedicação ao esporte.
Ao comentar sobre as dificuldades enfrentadas no início de sua carreira profissional, como as lesões que o deixaram fora dos gramados por vários meses, Nixon ressaltou sua fé, afirmando que “sem luta não há vitória”, e que “Deus sabe de todas as coisas”.
Questionado sobre seus referenciais no futebol, Nixon comenta nomes como Ronaldo, Ronaldinho, Cristiano Ronaldo, Neymar e Messi, mas destaca Kaká como exemplo não apenas dentro de campo, mas também fora dos gramados.
- Sou fã, admiro e tenho um carinho pelo Kaká. É um exemplo que eu sempre tive não só pelo jogador, mas pelo homem de Deus que é. Inclusive, é cristão como eu – destaca.
- Muitos que têm características diferentes e unindo isso o cara vai tirar algo de bom. Mas como falei, meu exemplo é o Kaká, não só em campo, mas pela pessoa. Sem esquecer o Léo Moura, que admiro. – completou Nixon.
Uma pergunta constantemente feita ao jogador é a respeito de sua relação com a fé e com a religião. Nixon faz questão de destacar que o que vive não é uma religião, mas sim uma relação direta com Deus.
- Na verdade, Deus não é religião. Deus é Deus. E Ele é único, não há outro. Então, nós cremos nele, pois somente Ele existe. Por isso, não chamamos de religião. – explica.
- Ele sempre tem o melhor para nós, nos conduz ao caminho que já escreveu e sonhou. Já conhecia, mas era algo que não havia se revelado totalmente. Acabei me convertendo no Rio mesmo, há quase dois anos e meio. Graças a Deus, tenho vivido isso e sou muito feliz – completou, a falar de sua conversão.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…