Pular para o conteúdo principal

Papa Francisco é um Marco Feliciano com mais poder e o apoio da Globo, afirma jornalista

O jornalista Lino Bocchini publicou em sua coluna no site da revista Carta Capital um artigo no qual compara o papa Francisco, que está no Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, com o pastor e deputado federal Marco Feliciano, que é também presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.
Classificando o líder da Igreja Católica como um “Feliciano com muito mais poder e o apoio da Globo”, Bocchini afirma que motivações como homofobia, machismo, apego ao dinheiro e religião interferindo no Estado seriam comuns entre o Papa Francisco, Marco Feliciano, e também o pastor Silas Malafaia. Ele afirma ainda que o papa Francisco teria um agravante em ralação a Feliciano, que é o fato de deter mais poder, e que os evangélicos são injustiçados por receberem um “tsunami de críticas” ao defenderem os mesmos ideais que o papa.
- As mesmas bandeiras conservadoras levantadas pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos do Congresso estão no centro da atuação da igreja católica há séculos – afirma, ressaltando que o atual pontífice comunga destes ideais e não se mostra disposto a alterá-los.
Ao justificar sua acusação de homofobia dirigida ao líder católico, o colunista cita uma preocupação do papa com o que chama de “lobby gay” no Vaticano, citando o site católico Reflexión y Liberación, para o qual o papa teria afirmado: – Na Cúria há gente santa de verdade. Mas também há uma corrente de corrupção, é verdade. Fala-se de lobby gay, e é verdade, ele está aí… temos que ver o que podemos fazer.
O machismo também foi citado na comparação, justificado pelo colunista pelo fato de a Igreja Católica não ordenar mulheres, e também pela luta travada tanto por líderes católicos quanto evangélicos contra a legalização do aborto.
Uma reportagem da revista Exame que afirma que o Banco do Vaticano gere cerca de 6 bilhões de euros em ativos e um vídeo que circulou recentemente, no qual Marco Feliciano pedia a senha de um cartão de crédito para um fiel, foram os exemplos usados para afirmar que os religiosos citados se atém ao dinheiro, apesar da recente recusa do papa Francisco a luxos e regalias aos quais o líder máximo da Igreja Católica normalmente são submetidos.
- Não sou um estudioso do cristianismo, mas acredito que valores como ajuda ao próximo, desapego e amparo aos pobres não combinam com a acumulação de fortunas dessa grandeza – afirma Bocchini, que também criticou o que ele classificou como “promiscuidade com o poder público”, citando a proximidade de líderes religiosos com a política e também a presença de crucifixos em repartições públicas e até mesmo “mensagens religiosas nas notas de dinheiro”.
Lino Bocchini finaliza afirmando que Marco Feliciano é injustiçado por ser, supostamente, hostilizado pela imprensa, enquanto o papa Francisco foi recebido de braços abertos por vários canais de comunicação, mas critica a missa de domingo transmitida há anos pela Rede Globo, bem como a recente aproximação da emissora com o público evangélico.
Pelo Twitter, Marco Feliciano comentou a comparação feita na revista Carta Capital, e também a diferença de tratamento existente, por padre de emissoras como a Rede Globo, às ideias defendidas por católicos e evangélicos.
- Qdo falo de preconceituoso religioso e perseguição religiosa contra evangélicos, me chamam de teórico da conspiração. Desperta igreja! – escreveu Feliciano.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa