Pular para o conteúdo principal

“Sei que vivo em pecado”: Garota de programa que se diz evangélica afirma que atenderia ao papa Francisco

A questão da prostituição é repudiada por todas as vertentes do cristianismo, que à luz da Bíblia Sagrada classifica a prática como pecaminosa. No entanto, em tempos de crescimento numérico galopante de evangélicos no Brasil, situações antes inimagináveis são retratadas pela mídia como fatos corriqueiros.
O jornalista Mário Magalhães, blogueiro do portal Uol, publicou uma reportagem em que entrevistou garotas de programa a respeito da visita do papa Francisco ao Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude.
Com o irreverente subtítulo de “Sexo Ecumênico”, o jornalista relatou a história da garota de programa mineira Mel, 20 anos, que se diz evangélica e casada. “Sei que vivo em pecado”, sussurrou a jovem, segundo o jornalista.
A jovem relata que a opção por ganhar a vida vendendo o corpo se deu pelo baixo salário. Seu emprego anterior, como atendente de telemarketing, rendia-lhe um salário mínimo mensal. Agora, prostituindo-se, arrecada até R$ 750 por noite.
Mel relata ainda que seu marido, aos 22 anos, também seguiu o mesmo caminho, e atende homossexuais cobrando R$ 70 a cada quinze minutos de programa. O subtítulo usado pelo jornalista se justifica pela declaração da própria Mel: “Se o papa passar e olhar para mim, eu vou gritar ‘come on’”, afirma a garota.
Magalhães usa a história de vida da jovem mineira para citar um caso de restauração. A pastora Wilma Ribeiro, uma das líderes da Igreja Batista da Lagoinha (IBL), contou seu testemunho de conversão num livro biográfico, e fala abertamente sobre a fase em que se prostituía: “Cheguei a sair com o primeiro-ministro de certo país”, relata.
O texto de Magalhães ainda conta a história de uma prostituta chamada Júlia, que já foi católica por quinze anos, evangélica da Assembleia de Deus por outros seis e que, atualmente, se mantém distante da fé e adota postura diferente de Mel: “Ou é céu ou o inferno. Não dá para servir a dois deuses ao mesmo tempo. Agora, estou no inferno”, resume.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Biografia - Pr. Clodoaldo Alves da Costa

Nascido em 31 de dezembro de 1952 na cidade de Benedito do Rio Preto-MA, filho de dona Maria Alves da Costa e seu Pedro Florêncio Borges, aos 17 anos migrou para o estado do Pará em 1974, onde passou a morar em Itaituba e Santarém e em 05/02/75 aceitou a Cristo Jesus como seu salvador e em maio do mesmo ano foi selado com o Santo Espirito da promessa e em 31/08/75 foi batizado em águas no Rio Tapajós, no ano seguinte foi apresentado como auxiliar do trabalho pelo Pr. Eliezer pastor presidente da igreja, começava ai toda uma trajetória dedicada a Deus. No mesmo ano foi indicado para ajudar o irmão João Gomes na Vila de São Luís do Tapajós e em 1977 retornou para Itaituba para desenvolver um trabalho com mocidade e escola bíblica dominical e em 1978 nosso pastor foi enviado para o Instituto Bíblico Amazônico em Belém, uma escola em regime de internato, ali começou a sua preparação educacional e psicológica para o Santo Ministério, ali passou 3 anos em tempo integral . No final de 1980 no…