Pular para o conteúdo principal

Versículo do Dia - 10/07/2013‏ (Gênesis 22:7-8)


1topo.jpg

Bom dia senhoras e senhores desse Brasilzão afora! Tudo beleza? Para o pessoal de RR, passaram bem o feriadão? Coisa linda! Então vamos retomar nosso estudo sobre a passagem em que Deus pede a Abraão o sacrifício de seu filho Isaque:

 
"Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos." (Gênesis 22:7-8)


Abraão pegou seu filho amado, Isaque, o filho da promessa, e o levou ao monte Moriá, aonde deveria sacrificá-lo, obedecendo ao comando do Senhor. Mas ao chegar no local, eis que o menino percebe que algo estava errado. Ele vê a lenha, vê o fogo, vê o cutelo, vê a corda. Porém sente falta do cordeiro que deveria ser sacrificado. Isaque desconhecia a ordem que Deus havia dado a seu pai. Então ele o questiona: "Pai, cadê o cordeiro que será sacrificado? Você não se esqueceu de algo? Tá maluco, pai?" Agora imaginem o seu filho, a que você tanto ama, seu bem mais precioso que você esperou por tanto tempo, virar para você e fazer esse tipo de pergunta numa situação dessa? Difícil a posição de Abraão, não concordam? Ele deve ter sentido o coração partido! Porém, mais uma vez demonstrou confiança na provisão e na fidelidade do Senhor! Ao mesmo tempo que estava disposto a obedecer a Deus, havia uma fé tão grande em seu coração que, de um certo modo, Abraão conseguia descansar nEle! Ele tinha convicção de que o Senhor faria algo diferente! Conosco, muitas vezes quando Deus nos pede algo, nós também ouvimos uma voz semelhante ao filho Isaque: "O quê? Mas você vai dar isso? Isso é importante para você! Não faça isso! Se você der vai faltar! Você não tem o suficiente nem para você, como dará?" São questionamentos que a nossa limitada mente humana tenta imprimir em nós para que nós passemos a agir com a razão e não com a fé. Mas se queremos o máximo de Deus, precisamos dar um passo de fé! E da mesma forma que Abraão respondeu com confiança ao questionamento de seu filho Isaque, devemos ignorar as dúvidas e os pensamentos negativos e termos em nosso coração a certeza de que se o Senhor pediu é porque Ele tem algo melhor para nos dar! Ele quer provar a nossa fidelidade e a nossa confiança nEle! Será que estamos preparados para algo desse tipo?


Que Deus vos abençoe poderosamente em nome de JESUS!


1base.jpg

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Onda de ataques deixa 800 cristãos mortos e 16 igrejas destruídas

A Arquidiocese de Kafanchan divulgou esta semana que os últimos ataques no sul do estado de Kaduna, Nigéria, resultou em mais de 800 mortos. Cinquenta e três aldeias foram invadidas por soldados islâmicos, da etnia fulani. As autoridades reconhecem que falharam em proteger os habitantes locais, mas não anunciaram que providencias tomariam. Durante uma coletiva de imprensa, Ibrahim Yakubu, responsável pela arquidiocese e quatro outros padres apresentaram um relatório completo, mostrando que foram invadidas 1422 casas e destruídas 16 igrejas, além de uma escola primária cristã. Ao total, morreram 808 pessoas e mais 57 ficaram feridos. Ao jornal The National, Yakubu pediu que todas as famílias que perderam entes queridos ou propriedade recebessem algum tipo de compensação e que seja criada uma comissão oficial para investigar os casos. Já o senador Sani Shehu, reclamou que o estado de Kaduna esteja se transformando em “um matadouro e um cemitério onde vidas humanas não tem valor”. Ele af…