Pular para o conteúdo principal

Juíza cita Jesus e proíbe mãe de batizar seu filho como Messias: “Esse é um título dado a Cristo”

Uma disputa entre os pais de um bebê para escolher qual sobrenome a criança receberia terminou com uma decisão inusitada do juiz responsável pelo caso.
A mãe, Jaleesa Martin, entrou com uma ação para garantir que seu filho fosse registrado como Messiah DeShawn Martin, sem o sobrenome do pai, McCullough. Porém, a juíza Lu Ann Ballew não apenas alterou o sobrenome da criança, mas também seu primeiro nome.
Messiah é a versão em inglês para Messias, e por esse nome ser visto pelos cristãos como uma referência a Jesus, a juíza interferiu: “A palavra Messias é um título, e é um título que só foi recebido por uma pessoa, e essa pessoa é Jesus Cristo”, disse Lu Ann, em entrevista à emissora de TV WBIR.
Na sentença, a juíza decidiu que o bebê deverá se chamar Martin DeShawn McCullough, que inclui os nomes de ambos os pais, e não possui o título de Messias.
Inconformada com a decisão, a mãe do bebê afirmou que recorrerá da sentença e que continuará chamando seu filho de Messias, pois o nome é cada vez mais comum nos Estados Unidos.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa