Pular para o conteúdo principal

Pastor Saeed Abedini, preso por evangelizar muçulmanos, está com a saúde debilitada na prisão

A família do iraniano Saeed Abedini, preso desde janeiro na prisão Evin, no Irã, informou que seu estado está piorando ele que está desmaiando de graves dores. Essa informação foi divulgada depois que seu familiares o visitaram na prisão, onde cumpre sentença de oito anos, por evangelizar muçulmanos no país.
- Infelizmente, nós verificamos que os ferimentos internos do pastor Saeed estão causando o aumento da dor – divulgou o Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ), que representa a mulher de Abedini e seus dois filhos, nos EUA.
Após a recente libertação do pastor da solitária, seu estado de saúde havia melhorado e alguns de seus sintomas médicos haviam diminuído. De acordo com o The Christian Post, as autoridades negaram Abedini cuidados médicos importantes para a dor que ele estava sentindo em seu abdômen, fazendo com que o ACLJ acusasse a república islâmica de “tratamento desumano de prisioneiros de consciência”. Posterior a isso, o pastor recebeu o tratamento em um hospital local, onde foi prescrita medicação, mas não foi o suficiente, e sua dor aumentou.
- Esta é uma virada perturbadora de eventos. Ele serve como um lembrete renovado das condições perigosas que o pastor Saeed enfrenta, em uma das piores prisões do mundo – continuou a ACLJ, que fez um pedido oficial para que Abedini receba a assistência médica que precisa.
- Ele tem lidado com muita dor e hemorragia interna desde que ele foi levado para o confinamento solitário que tem sido horrível em si … duas vezes, em tentativas de destruí-lo e fazê-lo renegar sua fé. Ele passou por muita coisa no ano passado – afirmou Naghmeh Abedini, esposa do pastor.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa