Pular para o conteúdo principal

Pesquisa revela que 1 em cada 4 padres brasileiros larga o sacerdócio para se casar

Uma estimativa feita pelo Movimento Nacional das Famílias dos Padres Casados revelou que um em cada quatro padres brasileiros abandonam o sacerdócio para se casar. De acordo com a entidade, são cerca de sete mil religiosos no país que solicitaram a dispensa do sacramento da ordem em troca do matrimônio.
Ao comentarem sobre as motivações para deixarem a batina, a maioria dos padres que largaram o sacerdócio afirma que não saíram da Igreja para se casar – mas que divergiam de muita coisa e o casamento era consequência, segundo o jornal Estadão.
Quase 900 anos após o Primeiro Concílio de Latrão, quem em 1139 reforçou a ideia do celibato clerical, que se tornaria norma da Igreja Católica em 1563 com o Concílio de Trento, muitos dos padres casados ainda têm esperança em uma mudança nos paradigmas da Igreja, e alguns deles veem no papa Francisco um possível caminho para essa mudança.
- Estamos contentes com o espírito, as palavras e as atitudes cristãs dele. Mas não dá para saber se e como ele vai enfrentar a realidade dos cerca de 150 mil padres casados no mundo – declarou João Tavares, porta-voz do movimento, sobre o papa.
Aos 82 anos, o professor Eduardo Hoornaert, que foi padre por 28 anos acredita que uma eventual readmissão de padres casados não é prioridade para o papa Francisco, e afirma que o pontífice tem outros problemas a resolver.
- Formar missionários com boa formação evangélica, sem essa carga de 2 mil anos de dogmas e leis, é a prioridade. É preciso reformular o ministério, e o papa Bergoglio sabe muito bem disso – afirma Hoornaert, que diz também que embora tenha abandonado os ritos, não se desligou do ministério, “pois o ministério é o Evangelho”.
- Alguns padres que se casaram são movidos pelo saudosismo e gostariam de voltar, enquanto outros se adaptaram. A Igreja tem leis e uma delas é a do celibato – ressalta o historiador.
Apesar de muitos discutirem uma possível readmissão dos padres casados pela Igreja Católica, a adaptação social após abandonar a batina é um dos temas mais discutidos, e o momento visto como o mais difícil pela maioria deles, sobretudo porque muitos dedicaram grande parte de suas vidas ao sacerdócio.
- Entrei no seminário com 12 anos. Foram outros 12 até ser ordenado. (…) No começo, me afastei totalmente da Igreja. Tornei-me um agnóstico. Com o passar dos anos, atuei na Pastoral Social. Hoje em dia, só vou à missa aos domingos – afirmou Francisco de Assis Resende, de 72 anos, que foi padre por dois anos e depois se casou, teve duas filhas e quatro netos.
Abel Abati, que tem 73 anos e foi padre por quatro, conta que se afastou da Igreja depois que deixou a batina, em 1970. No mesmo ano, se casou com Neide de Fátima, com quem vive até hoje. “Não ia ficar solteirão”, diz. Sobre sua relação com a Igreja, ele conta que deixou de frequentar em meados dos anos 1980.
- Não quero ter o carimbo de beato. – explica.
Apesar de expressivos, os números de padres que deixaram o sacerdócio para se casar não são confirmados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que não divulga informações a respeito desse tema.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa