Pular para o conteúdo principal

Vídeo de Silas Malafaia dizendo que fiéis não devem denunciar pastores ladrões se torna viral nas redes sociais; Assista na íntegra

Uma declaração polêmica do pastor Silas Malafaia está percorrendo as redes sociais e foi alvo de destaque em portais da internet, como Yahoo! e Veja SP.
Depois de bater-boca com um padre no Twitter e criticar o papa dizendo que a Igreja Católica cedeu ao “lobby gay”, Malafaia agora atraiu os holofotes por aconselhar fiéis a não denunciarem pastores desonestos, “pois ninguém deve se meter com os ungidos de Deus”.
A pregação de Malafaia aconteceu durante o congresso Labaredas de Fogo, organizado pela Associação Vitória em Cristo (AVEC) em Governador Valadares, Minas Gerais, entre os dias 11 e 14 de 2012. Além de Malafaia, pregaram no evento pastores como Josué Gonçalves, Jorge Linhares, Silmar Coelho e Jabes Alencar, entre outros.
“Fico vendo caras que nem tiraram a fralda, que chegaram agora no Evangelho… julgando pastor… ‘Quem é esse cara?’ Ilustríssimos desconhecidos recalcados. Com dor de cotovelo do sucesso dos outros. Uma meia dúzia de idiotas, imbecis, travestidos de crente – porque essa gente não é crente. Quem calunia pastor e fala da Igreja não pode ser crente. Vou dar um conselho pra você: fica longe de participar de divisão, de calúnia, de difamação de pastor. Fica longe disso. Quer arrumar problema pra tua vida? Entra nisso. Quem é que toca no ungido do Senhor e fica impune? Ungido do Senhor é problema do Senhor, não teu. Teu pastor é ladrão? É pilantra? Você não está gostando? Sai de lá e vai pra outra igreja. Não se mete nisso não, porque não é da tua conta. Cai fora. Vai embora [...] Só não arruma problema. Não toca em ungido… Rapaz, aprenda isso: eu já vi gente morrer por causa disso, meu irmão”, polemiza Malafaia. O tom usado pelo pastor, deixa a dúvida se sua fala seria um conselho ou uma intimidação.
Assista:
Fiéis devem repartir seus bens
Na mesma pregação, Malafaia fala sobre a passagem de Gálatas 6:6, em que o apóstolo Paulo orienta os fiéis a repartirem seus bens com quem os instrui na Palavra. O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) usou essa passagem para justificar os salários que os pastores recebem, e segundo ele, esse versículo deve ser usado pelos fiéis para defenderem o princípio da contribuição à Igreja e para o pagamento dos salários de seus líderes.
“Tá reclamando do salário do pastor? Quando tu ver um crente linguarudo tu diz assim: ‘Meu filho, a Bíblia manda repartir. Tu quer o que? O pastor com um salário grande ou dar metade do que você tem?’ Eu acho bom deixar deixar ele com o salário”, disse Malafaia.
Entretanto, o mesmo texto é apresentado de forma um pouco diferente na Bíblia com a Nova Versão Internacional, conhecida por sua maior fidelidade ao texto original: “O que está sendo instruído na palavra partilhe todas as coisas boas com quem o instrui”.
Confira:
A íntegra da pregação do pastor Silas Malafaia durante o congresso Labaredas de Fogo pode ser assistida neste vídeo:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa