Pular para o conteúdo principal

Apple passa a Coca-Cola e é a marca mundial mais valiosa do ano


Pela primeira vez em 13 anos, a Coca-Cola deixa de ocupar o topo da lista da Best Global Brands



A Apple é a marca mais valiosa do mundo em 2013, de acordo com o quadro anual Best Global Brands, anunciado anualmente pela empresa de consultoria e pesquisa Interbrand.
Esta é a primeira vez que a Coca-Cola deixa de ocupar o primeiro lugar da lista. Desde 2000, a Interbrand analisa as marcas mundiais mais conhecidas e influentes entre o público, e nesses 13 anos a Coca esteve sempre no topo do ranking.
“Este ano, quem reina é a Apple”, disse o executivo responsável pela pesquisa, Jez Frampton. Para ele, a Apple chegar ao primeiro lugar da lista era apenas uma questão de tempo. A empresa esteve na oitava posição em 2001 e subiu para o segundo lugar no ano passado. Este ano, a marca cresceu 28%, chegando a um valor de US$ 98,3 bilhões, superando a Coca-Cola.

Marcas valiosas na área de tecnologia

A pesquisa mostra também que empresas de tecnologia aparecem em peso entre as marcas mais valiosas do mundo. Entre as dez primeiras da listagem, cinco são desse setor. Samsung e Intel aparecem na oitava e nona posições, respectivamente. A Microsoft está em quinto lugar, enquanto a Google subiu da quarta para a segunda posição este ano.
Dessa maneira, a Coca-Cola não foi apenas superada pela Apple, como também pela Google. Em números totais, a Google cresceu 34% em relação ao ano passado, alcançando um valor de US$ 93,3 bilhões. A Coca também se valorizou, mas apenas em 2%, chegando a US$ 79,2 bilhões.
A IBM aparece em quarto lugar, logo atrás da Coca-Cola, este ano. Porém, a empresa está listada como marca de serviços, e não como de tecnologia. Já o Facebook subiu da 69ª para a 52ª posição, enquanto a Nokia registrou a maior desvalorização, caindo do 19º para o 57º lugar este ano.
Confira abaixo as dez marcas mais valiosas de 2013:
  1. Apple: US$ 98,3 bilhões, + 28%
  2. Google: US$ 93,3 bilhões, + 34%
  3. Coca-Cola: US$ 79,2 bilhões, + 2%
  4. IBM: US$ 78,8 bilhões, + 4%
  5. Microsoft: US$ 59,5 bilhões, + 3%
  6. HP: US$ 46,9 bilhões, + 7%
  7. McDonalds: US$ 41,9 bilhões, + 5%
  8. Samsung: US$ 39,6 bilhões, + 20%
  9. Intel: US$ 37,3 bilhões, - 5%
  10. Toyota: US$ 35,3 bilhões, + 17%

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…