Pular para o conteúdo principal

Estátua alusiva a Jesus Cristo resiste ao tufão Haiyan e se torna símbolo de esperança nas Filipinas; Missionários testemunham livramentos

A passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas causou destruições catastróficas a diversas cidades do país e deixou aproximadamente 5 mil mortos. Ainda há temor de que o número de vítimas fatais chegue a 10 mil, segundo a Organização das Nações Unidas.
Edificações e infraestruturas urbanas foram completamente comprometidas em muitos lugares, dificultando as ações de resgate e assistência humanitária. No entanto, uma escultura alusiva a Jesus Cristo, muito semelhante ao Cristo Redentor, do Rio de Janeiro, resistiu à força do Haiyan e manteve-se intacta, atraindo a atenção da mídia internacional.
De acordo com o Christian Post, muitos filipinos tem visto a preservação da estátua como uma fonte de inspiração e esperança para enfrentar a calamidade do desastre natural, que atingiu de alguma forma aproximadamente 25 milhões de pessoas.
“Estamos testemunhando a devastação completa de uma cidade. Em Tacloban, tudo está destruído. Corpos como lixo na rua, muitos dos quais são crianças. Pelo que eu vi, dois em cada cinco corpos era o de uma criança”, afirmou Lynette Lim, membro da Save the Children. “As crianças são particularmente vulneráveis ​​em desastres. Tememos por quantas crianças foram lavados em inundações, esmagadas sob prédios que caíram e feridos por estilhaços. Muitas estão separadas de suas famílias em meio à devastação, e todos estão precisando desesperadamente de comida, água e abrigo”, acrescentou a voluntária em entrevista à Agência France Press.
Missionários no país também relataram seus testemunhos de sobrevivência ao violento tufão. A brasileira Lídia Caetano de Souza, de 63 anos, enviada pela Assembleia de Deus, contou à BBC que escapou da morte por muito pouco.
A casa em que vivia desabou parcialmente após ser invadida pela enchente, que chegou a sete metros de altura: “Quando a água começou a subir, escapamos pelo buraco do ar condicionado. Amarramos cortinas e lençóis para improvisar uma corda e com ela atravessamos a correnteza do quintal até a construção vizinha, que era de dois andares. Conseguimos ajudar quatro pessoas a atravessar, mas uma delas se afogou e acabou morrendo. Ficamos abrigados lá no alto até a água baixar”, testemunhou.
Um casal de missionários norte-americanos que sobreviveu ao tufão disse que a experiência foi semelhante à situação que passaram na ocasião do furacão Katrina, que assolou os Estados Unidos anos atrás.
“Os ventos foram mais fortes do que o Katrina. No norte da nossa ilha aqui, há muita destruição e danos, e a ilha está quase em colapso total”, afirmaram Doug e Diane Lee, que vivem em Negros, e trabalham com música e lecionam inglês numa escola bíblica da ilha, além de oferecerem suporte a mais de 80 igrejas no país.
Ajuda
Os sobreviventes à tragédia têm necessidade de água potável, alimentos, material sanitário e medicamentos. Instituições internacionais estimam que o valor necessário para a ajuda humanitária emergencial seja de US$ 301 milhões. A reconstrução do país deverá custar bilhões de dólares e levar anos.
Diversas ONGs estão se mobilizando para prestar assistência aos filipinos, e recrutando voluntários que, mesmo sem experiência, tenham disposição para trabalhar.
É possível ajudar voluntariando-se ou mesmo através de doações em dinheiro para as entidades que estão engajadas na situação, como a organização Médico Sem Fronteiras, que está enviando 200 toneladas de medicamentos para o país. Para saber como colaborar, acesse este link.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa