Pular para o conteúdo principal

Rachel Scheherazade é criticada por apoiar “justiceiros” que prenderam adolescente a poste; “Pecado estrutural” é causa das mazelas sociais, diz jornalista; Assista

O caso do adolescente que foi algemado a um poste no Rio de Janeiro por jovens que decidiram, por conta própria, perseguir assaltantes na zona sul da cidade tornou-se pano de fundo para severas críticas à jornalista Rachel Scheherazade, do SBT.
O rapaz que supostamente estava assaltando na noite do episódio foi preso a um poste e deixado nu no local, enquanto os “justiceiros” do bairro foram atrás de seus comparsas. A polícia confirmou que o adolescente já possuía três passagens por roubo.
Entidades de defesa dos Direitos Humanos criticaram a ação dos jovens que algemaram o adolescente ao poste. Porém, Rachel Scheherazade criticou a postura dos ativistas dos Direitos Humanos e sugeriu que estes fizessem “um favor ao Brasil” e adotassem “um bandido”.
“Num país que sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível [...] O Estado é omisso, a polícia desmoralizada, a Justiça é falha… O que resta ao cidadão de bem, que ainda por cima foi desarmado? Se defender, é claro [...] O contra-ataque aos bandidos é o que chamo de legítima defesa coletiva de uma sociedade sem Estado contra um estado de violência sem limite”, disse Scheherazade.
O comentário da jornalista, de teor contundente, foi criticado alguns de seus colegas de profissão, que demonstraram acreditar que a questão da violência urbana e dos Direitos Humanos não seja tão simples.
“Até entendo, embora não concorde, que setores da população, indignados com a violência, apoiem gestos como o dos jovens que detiveram um suposto assaltante, o agrediram e o deixaram nu e preso com uma trava de bicicleta a um poste, no Flamengo, no Rio. Mas acho estranho que uma emissora de televisão divulgue uma mensagem tão agressiva de apoio a este gesto, como o comentário da jornalista Rachel Sheherazade no ‘SBT Brasil’ desta terça-feira (04) sobre ‘o marginalzinho amarrado ao poste’”, analisou Maurício Stycer, colunista do Uol sobre assuntos ligados à televisão.
Já Ricardo Alexandre, colunista do portal MSN, criticou veementemente a postura da jornalista, ilustrando sua opinião a partir de princípios adotados por segmentos cristãos, como os da teologia da libertação, na Igreja Católica, ou a teologia de missão integral, entre as igrejas protestantes, que apontam o “pecado estrutural” como causa das mazelas sociais.
“O conceito de pecado estrutural defende que, além dos pecados pessoais (roubar, matar, praticar a imoralidade, mentir etc.) há certo tipo de desvio da vontade de Deus que diz respeito à estrutura das coisas. Ao jeito que a sociedade se organiza, à forma com que o egoísmo, a violência e a maldade está entranhada na estrutura das nossas relações”, explicou Ricardo Alexandre.
Para o colunista, a jornalista demonstrou não levar em consideração que o adolescente que ficou preso ao poste é uma vítima da forma como a sociedade se organiza.
“Provavelmente, Rachel Sherazade, que se diz cristã, nunca ouviu falar em pecado estrutural. Não deve ter lhe ocorrido que ‘o marginalzinho’ nu em um poste é tão vítima da estrutura corrompida quanto aquele de quem roubou. O justiceiro, cuja atitude a jornalista chama de ‘compreensível’, também é vítima do pecado estrutural, assim como o infeliz que foi deixado amarrado com uma trava de bicicleta no Flamengo. Por isso, entre outros motivos, não devemos tomar a vingança em nossas mãos. Por isso não devemos estimular o ódio como paga pelo ódio. Por isso, a única saída é romper o ciclo de maldade, e não estimulá-lo”, concluiu.
Assista ao comentário de Rachel Scheherazade sobre o adolescente que foi preso a um poste no Rio de Janeiro:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem de Ensinamento com Pr. Clodoaldo Alves da Costa 08/08/2017

Culto de Ensinamento na IEADN em Boa Vista Roraima, com nosso Pastor Presidente Clodoaldo Alves da Costa