Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

IEADN em Construção!

Hoje foi o lançamento da Pedra Fundamental no nosso terreno, agora estamos em campanha para construção, você que deseja nos ajudar neste projeto, faça-nos uma doação via PagSeguro, é um processo muito simples, acesse a guia de doação e gere um boleto de qualquer valor. Nos ajude neste projeto, em breve vamos postar um video sobre a campanha com nosso Pr. Clodoaldo Costa.

Álbum de fotos do evento CLICK AQUI!







Se sentir de Deus nos ajudar com essa construção, faça uma doação de qualquer valor via PagSeguro.


Deus te abençoe

Novo pedido de cassação do registro de psicólogo de Silas Malafaia é arquivado; Pastor tripudia de ativistas gays: “7 a 0 pra mim”

O eterno embate entre Silas Malafaia e os ativistas gays ganhou um novo capítulo essa semana, e o pastor usou seu Twitter para comentar uma nova tentativa de cassação de seu registro de psicólogo no Conselho Regional de Psicologia (CRP-RJ). Malafaia vem alertando sobre a polêmica cassação do registro de psicóloga de Marisa Lobo, e afirmou que o assunto será abordado por ele na próxima edição do programa Vitória em Cristo. A perseguição da militância homossexual, de acordo com Malafaia, vem usando de “malandragem” contra ele, e pela quarta vez tentaram cassar seu registro de psicólogo, porém sem sucesso. “Mais uma malandragem do ativismo gay que vou denunciar no programa deste sábado. Não perca! 9h, na Rede TV e meio-dia, na Band. Mais uma derrota da safadeza do ativismo gay. Pela 4ª vez consecutiva, o conselho regional de psi[cologia] arquiva denuncias contra mim… Não cansam? Tenho que kkkkkahahah não adianta, a mentira não prevalece. O ativismo gay, que é intolerante, não suporta a …

Missionário sul-coreano é condenado a pena perpétua de trabalhos forçados por evangelizar na Coréia do Norte

Um missionário sul-coreano foi condenado à prisão perpétua em uma prisão norte-coreana para tentar organizar igrejas subterrâneas no país. Kim Jung-wook foi condenado após confessar ter cometido “atos religiosos contra a Coreia do Norte” durante o seu julgamento na última sexta-feira. Ele agora irá servir uma sentença de prisão perpétua de trabalhos forçados na prisão. De acordo com o Christian Headlines, Kim Jung-wook foi acusado também de transportar equipamento de vigilância, em um suposto esforço para espionar a família Kim, família do chefe do único partido político da nação. A Coreia do Sul negou qualquer associação com Kim, que pediu desculpas por seu trabalho missionário no julgamento e implorou por uma alternativa à pena de morte. Kim também ajudou as pessoas a abandonar ilegalmente a Coreia do Norte por vários anos. Em 2012, as autoridades chinesas capturaram 12 imigrantes ilegais que Kim estava auxiliando na fuga, e os devolveu à Coréia do Norte. Atualmente, a Coreia do No…