Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Se Marina Silva for eleita, será a terceira vez que o Brasil terá um evangélico na presidência; Confira

Se Marina Silva (PSB) vencer as eleições presidenciais no segundo turno, ela será a primeira mulher negra a governar o Brasil, mas não será a primeira vez que um evangélico chega ao cargo. No século passado, outros dois presidentes de confissão protestante governaram o país em períodos distintos, antes da atual fase de democracia. João Fernandes Campos Café Filho, advogado, membro da Primeira Igreja Presbiteriana de Natal (RN), foi presidente do Brasil por pouco mais de um ano. Café Filho, como era popularmente conhecido, era filiado ao Partido Social Progressista (PSP) e tomou posse no dia 24 de agosto de 1954, substituindo Getúlio Vargas, e foi deposto em 08 de novembro de 1955. Após a deposição, Café Filho foi sucedido interinamente por Nereu Ramos, que ocupou o cargo até a posse de Juscelino Kubitschek. O segundo evangélico na presidência do Brasil foi Ernesto Beckmann Geisel, militar, membro da Igreja Luterana, filiado ao partido Aliança Renovadora Nacional (Arena) e alçado ao p…

Dilma Rousseff censura vídeo de Silas Malafaia

Ministro do TSE alega que pastor degradou imagem de presidente O pastor Silas Malafaia vem travando uma verdadeira “guerra” contra o PT nos últimos tempos. A mais nova batalha envolve a publicação de um vídeo na internet onde contrastava as declarações da presidente Dilma Rousseff na assembleia geral da ONU, com a execução de cristãos por parte dos terroristas. No último dia 24, Dilma condenou o ataque dos EUA ao Estado Islâmico e defendeu a necessidade de diálogo com o Estado Islâmico e outros grupos similares. Eles são conhecidos por seus ataques cruéis a aldeias da Síria e Iraque, onde muitas vezes crucificaram e decapitaram cristãos. No vídeo, Malafaia afirmava estar fazendo um alerta aos evangélicos e que o conteúdo poderia mudar as eleições. O PT entrou com uma ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e conseguiu a retirada imediata do Youtube. O ministro Herman Benjamin concedeu liminar em favor da coligação que apoia a presidente contra Malafaia e o a Google Brasil Inte…