Pular para o conteúdo principal

Islamismo alcançará cristianismo em número de fiéis em 2050

O relatório, intitulado "O futuro das religiões do mundo: População e Projeções de Crescimento 2010-2050", constata que o islamismo é a religião que mais cresce no mundo.

Ainda que, atualmente, o cristianismo seja maioria global, o islamismo é a religião que mais cresce no mundo, e dados comprovam isso. Segundo um novo estudo do Pew Research Center, publicado na última quinta-feira (2), a religião alcançará o cristianismo em número de fiéis em 2050, se a tendência se mantiver.

O relatório, intitulado "O futuro das religiões do mundo: População e Projeções de Crescimento 2010-2050", constata que atualmente existem 1,6 bilhão de muçulmanos em todo o planeta, enquanto os cristãos somam 2,17 bilhões de seguidores, diferença que diminuirá muito em quatro décadas.

O estudo calcula que, em 2050, os cristãos serão 2,9 bilhões de pessoas, enquanto os muçulmanos, com um aumento percentual muito maior, chegarão a 2,7 bilhões. Segundo as projeções, o islamismo será praticado por 29,7% da população mundial, enquanto o cristianismo será a religião de 31,4%.

Com a exceção dos budistas, todos os principais grupos religiosos crescerão em números até 2050, mas alguns deles em velocidade menor do que o próprio crescimento populacional do planeta, segundo o relatório.

Muito do crescimento muçulmano se deve a taxa de fertilidade, que é a maior comparada à outras religiões. Islâmicos geram 3.1 filhos por mulher, com a menor média de idade: aos 23 anos. Em segundo lugar, os cristãos geram 2.7 filhos por mulher, seguidos por hindus (2.4), judeus (2.3), ateus (1.7) e budistas (1.6).

Em 2050, a Índia será o país com a maior população muçulmana do mundo. A Europa perderá cerca de 100 milhões de cristãos, o que representa quase 10% da população. Segundo o estudo, o crescimento de cristãos será notável na América do Norte, Oriente Médio, América Latina e Caribe, África Subsaariana e Ásia-Pacífico, algo que se deve sobretudo ao crescimento populacional.

Os dados surpreendentes não ficam por aqui. Entre 2010 e 2050, o número de judeus crescerá em torno de 13 mil para 16 mil. Metade destes viverão em Israel, que terá mais três milhões de judeus no seu território.

Na América Latina, a pesquisa prevê que os cristãos seguirão sendo o maior grupo religioso nas próximas décadas, inclusive com um crescimento de 25% de 2010 a 2050, de 531 milhões para 666 milhões. No entanto, maior que o crescimento de cristãos será o de ateus, de 45 milhões em 2010 para 65 milhões em 2050.

O relatório diz ainda que em grande parte da América Latina se produziu um considerável mudança do catolicismo para o protestantismo.

Fonte: Guia-me

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…