Pular para o conteúdo principal

“Jesus é meu Senhor não importa o que aconteça”, afirma Belfort após derrota

Vencedor e perdedor do UFC 187 agradecem a Jesus no octógono

Logo depois de derrotar o brasileiro Vitor Belfort, o campeão dos médios (até 84 kg), Chris Weidman deu entrevista ao canal oficial do UFC. Cercado de expectativa, o combate foi resolvido com pouco mais de dois minutos, ainda no primeiro round.
Embora Belfort seja conhecido por sempre falar sobre sua fé cristã, surpreendeu a muitos o fato de Weidman declarar diante das câmeras “Eu quero agradecer a Jesus, eu já passei por vários momentos difíceis e ele sempre me ajudou até aqui.  Também agradeceu a Deus, dizendo “Ele é a razão de eu estar aqui”. Por fim, pediu que o público pare de duvidar dele como lutador. Essa é a sexta vitória do americano sobre brasileiros, incluindo Anderson Silva por duas vezes.
A trajetória de Chris Weidman, 30 anos, já soma 13 vitórias e nenhuma derrota. Após o UFC 187, disputado em Las Vegas, ele permanece com o cinturão. Antes da luta, o clima entre os dois lutadores não estava bom. Durante a pesagem, precisaram ser apartados por Dana White, presidente do UFC.
Depois da luta, Belfort, 38 anos, que buscava seu terceiro título, resumiu-se a dizer: “Ele é um grande atleta e eu sabia que ele iria querer lutar no chão. Tentei evitar, mas foi uma noite melhor para ele. Ele sabe lutar no solo. Tentei trabalhar posições e dar bons golpes, mas ele foi superior”. Finalizou: “As coisas funcionam assim. Sem desculpas. Quero agradecer a Deus, Jesus é meu Senhor não importa o que aconteça. Quero agradecer também minha esposa, filhos e todos os brasileiros e americanos presentes aqui”.
Embora controversa, a fala dos lutadores revela algo comum entre lutadores de MMA. Um dos esportes que mais cresce em popularidade no mundo, também cresce o número de atletas que professam sua fé em Jesus.
Vitor Belfort, por exemplo, tem como parte de sua equipe o missionário americano radicado no Brasil Mark Shubert. Ele acompanha o lutador há cerca de dez anos.
Às vezes, os lutadores são confrontados por causa de situações pessoais que contrastam com a fé que professam.  Polêmico, o ex-campeão dos médio-pesados, Jon “Bones” Jones, sempre usou versículos bíblicos e agradeceu a Deus pelas suas vitórias.  Este ano, ele foi pego em um exame antidoping por suspeita de uso de cocaína. Ele se internou em uma clínica de reabilitação. Na época, o lutador Michael “Mayday” McDonald, usou as redes sociais para pedir que as pessoas não julgassem Jones e que ele era temente a Deus, mas tinha cometido um erro grave.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…