Pular para o conteúdo principal

Pastor Gaúcho é sucesso no Facebook ao adaptar trechos bíblicos

Expressões típicas da região Sul do país são usadas para transmitir mensagens religiosasO radialista Anderson Alves da Luz, 32 anos, teve uma ideia genial: criou um personagem para falar da Bíblia se caracterizando como gaúcho.

Vestido com trajes típicos do Rio Grande do Sul e usando um bigode postiço, o “pastor gaúcho” virou sucesso na internet e já conta com 160 mil seguidores no Facebook.
“O objetivo é fazer com que as pessoas atentem para os textos bíblicos, às vezes palavras motivacionais do dia a dia, e resgatar a nossa linguagem que se perdeu”, diz o morador de Porto Alegre.
As expressões típicas da região Sul do país são usadas durante as mensagens e criam identificação com o público. “Às vezes, uso uma expressão e me dizem que há tempos não ouviam aquilo. São expressões que se perderam e estamos resgatando”, relata.
Mas não é só nos vídeos e na forma como ele passa a mensagem que essas expressões são usadas, até as passagens bíblicas ganharam versão em “gauchês” para fazer com que o gaúcho entenda o que está escrito.
Com isso o Salmo 125:1 virou: “Os viventes que confiam no Senhor são como monte Sião, não frouxam o garrão, seguem firmezitos para sempre.”
Esse jeito tão típico dos sulistas fez com que muitos se identificassem e até pedissem uma Bíblia toda traduzida com essas expressões regionais, mas a intenção de Anderson é criar um livro. “Já pensei em fazer um livro de bolso, com alguns textos, algumas passagens especificas”.
O perfil “pastor gaúcho” nasceu em 2011 no Twitter e logo migrou para o Facebook onde o número de seguidores impressionou o radialista. “Quando chegou as 20 mil, já achei que era muita gente, e chegou a 100 mil muito rápido. Eu nem tinha essa pretensão”, diz.
“E o interessante é que não são só evangélicos. Tem católicos, pessoas de diversas religiões e que não professam nenhuma fé”, completa Anderson.
Hoje o sucesso da internet passou para o mundo off-line e ele tem se apresentado em igrejas. “Em 2012, mais ou menos, eu fui a meu primeiro evento. Participei, no Ginásio Tesourinha, com 9 mil pessoas, da abertura de um evento gospel. Desde então, fui a diversos eventos com personagens”.Com informações G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Onda de ataques deixa 800 cristãos mortos e 16 igrejas destruídas

A Arquidiocese de Kafanchan divulgou esta semana que os últimos ataques no sul do estado de Kaduna, Nigéria, resultou em mais de 800 mortos. Cinquenta e três aldeias foram invadidas por soldados islâmicos, da etnia fulani. As autoridades reconhecem que falharam em proteger os habitantes locais, mas não anunciaram que providencias tomariam. Durante uma coletiva de imprensa, Ibrahim Yakubu, responsável pela arquidiocese e quatro outros padres apresentaram um relatório completo, mostrando que foram invadidas 1422 casas e destruídas 16 igrejas, além de uma escola primária cristã. Ao total, morreram 808 pessoas e mais 57 ficaram feridos. Ao jornal The National, Yakubu pediu que todas as famílias que perderam entes queridos ou propriedade recebessem algum tipo de compensação e que seja criada uma comissão oficial para investigar os casos. Já o senador Sani Shehu, reclamou que o estado de Kaduna esteja se transformando em “um matadouro e um cemitério onde vidas humanas não tem valor”. Ele af…