Pular para o conteúdo principal

Álvaro e Gabriella Tito lançam “Filhos da Promessa”


A dupla Álvaro e Gabriella Tito chegam ao mercado gospel tendo apoio de uma das maiores gravadoras do mundo: a Universal Music Christian Group (UMCG).
Os irmãos, filhos do cantor Álvaro Tito, vão lançar um trabalho em formato digital nas próximas semanas, o álbum já está pronto e traz 10 faixas no estilo pop/rock tendo a produção assinada por Zezé Gomes, que é a mãe dos artistas, produção vocal de Álvaro Tito e Sandro Soares e Martim Motta na produção musical.
O CD ganhou o título de “Filhos da Promessa” e deve abrir as portas para que Álvaro e Gabriella mostrem o talento que herdaram de seu pai, um cantor que tem 35 anos de carreira.
“A Universal Music foi a primeira gravadora do nosso pai, quando ainda era ‘Poligran’. É muito gratificante para nós ter essa mesma oportunidade. Estamos imensamente felizes por fazer parte deste casting e principalmente pela forma carinhosa e respeitosa que a Label Manager, Renata Cenízio, nos recebeu. Ela é diferente e especial”, diz Gabriella.
A dupla pretende usar esse talento musical para alcançar os jovens. “Nós somos embaixadores do reino de Deus na Terra e o nosso objetivo é resgatar, salvar e compartilhar o amor de Deus. Nossas letras falam muito sobre o amor que temos por Ele e queremos mostrar que podemos ser santos e separados em um mundo que se perdeu e se corrompeu”, disse Álvaro Júnior.
Apesar de serem filhos de artista, Gabriella, 21 anos, e Álvaro Júnior, 25 anos, não pensavam em seguir a carreira musical. Ela pensou em se tornar diplomata e ele até se tornou jogador de futebol atuando em times profissionais, mas o chamado de Deus falou mais alto.
“Eu estava com convite para ir jogar fora do país, mas Deus falou no meu coração e não tive dúvidas em seguir Seu comando. Na época foi difícil trocar o que já estava consolidado para algo que era apenas um sonho. Mas, valeu a pena, hoje vejo tudo o que Deus está fazendo e é maravilhoso”, conta Júnior.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Onda de ataques deixa 800 cristãos mortos e 16 igrejas destruídas

A Arquidiocese de Kafanchan divulgou esta semana que os últimos ataques no sul do estado de Kaduna, Nigéria, resultou em mais de 800 mortos. Cinquenta e três aldeias foram invadidas por soldados islâmicos, da etnia fulani. As autoridades reconhecem que falharam em proteger os habitantes locais, mas não anunciaram que providencias tomariam. Durante uma coletiva de imprensa, Ibrahim Yakubu, responsável pela arquidiocese e quatro outros padres apresentaram um relatório completo, mostrando que foram invadidas 1422 casas e destruídas 16 igrejas, além de uma escola primária cristã. Ao total, morreram 808 pessoas e mais 57 ficaram feridos. Ao jornal The National, Yakubu pediu que todas as famílias que perderam entes queridos ou propriedade recebessem algum tipo de compensação e que seja criada uma comissão oficial para investigar os casos. Já o senador Sani Shehu, reclamou que o estado de Kaduna esteja se transformando em “um matadouro e um cemitério onde vidas humanas não tem valor”. Ele af…