Pular para o conteúdo principal

Estado Islâmico divulga vídeo de execução de 200 prisioneiros, a maioria crianças e mulheres

A máquina de propaganda de terror do Estado Islâmico voltou a chocar o mundo com a execução de 200 prisioneiros sírios, a maioria de crianças e mulheres, e gravou a atrocidade em vídeo, segundo informações dos jornais ingleses Daily Mail e The Mirror.
As vítimas, embora não tenham tido sua identidade e origem confirmadas, provavelmente eram cristãs que se recusaram a se tornar muçulmanas ou pagar as altas taxas de imposto cobradas pelos extremistas.
Em uma das imagens mais chocantes, é possível ver os terroristas obrigando as crianças a se deitarem no chão, com o rosto na terra, logo antes de abrirem fogo. Um vídeo com a íntegra da cena foi banido do YouTube. Um outro, editado, que usa borrões e corta o áudio, mostra que a chacina levou alguns minutos.
Embora a veracidade do vídeo não tenha sido confirmada, especialistas afirmam que a divulgação desse tipo de ação terrorista é uma forma encontrada pelo Estado Islâmico para se manter nos noticiários, e assim, minimizar a repercussão das vitórias conquistadas pela ofensiva da Rússia no território da Síria.
Segundo informações do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) – entidade sediada na Inglaterra -, em quatro anos, a guerra civil na Síria já deixou mais de 240 mil vítimas fatais.
Atenção: o vídeo a seguir, editado, não mostra em detalhes a execução das vítimas, mas ainda assim, as cenas são fortes:

Reação

As lideranças da organização terrorista que se esconde atrás da fachada da religião muçulmana vêm agindo de forma a retaliar as ações militares de países aliados da Síria. Há pouco mais de uma semana, uma célula do Estado Islâmico situada no Egito, na Província do Sinai, provocou a queda de um avião comercial de uma empresa russa, com pouco mais de 200 pessoas a bordo.
As autoridades russas e egípcias têm sido reticentes sobre as causas da queda, recusando-se a admitir que a explosão de uma bomba no avião teria sido causada pela ação dos terroristas, mesmo com a reivindicação da autoria pelo Estado Islâmico.
No entanto, a Polícia egípcia matou, no último domingo, 08 de novembro, o principal líder da célula terrorista do Estado Islâmico no Egito. Identificado como Ahraf Ali al-Gharabali, o jihadista reagiu a uma ordem de prisão e foi morto a tiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…