Pular para o conteúdo principal

Perseguição a cristãos na Nigéria tem resultado na conversão de muçulmanos, diz Portas Abertas

Sob intensa perseguição religiosa, o Evangelho está se expandindo na Nigéria, e o relato mais comum entre os muçulmanos do país que se entregam a Jesus Cristo é que a decisão por seguir ao Filho de Deus foi tomada após sonhar com Ele.
Em uma crise severa, a Nigéria vê o Boko Haram pôr em prática seu plano de exterminar o cristianismo da região, tornando o país um território muçulmano, um califado. No entanto, missionários testemunham que toda a investida dos extremistas contra o cristianismo só tem feito aumentar o número de novos convertidos ao Evangelho.
Segundo informações do Christian Today, um relatório da Missão Portas Abertas divulgado na última quarta-feira, 24 de fevereiro, aponta que em 2015 4.028 cristãos foram mortos no país, um aumento significativo, afinal, ao longo dos nove anos anteriores (2006 a 2014), esse número foi de 11,5 mil.
A perseguição tem forçado uma migração em massa de cristãos do norte do país, em busca de locais mais seguros, distante da violência. No entanto, os que decidem resistir e ficar, estão experimentando um grande avivamento, pois tem crescido o número de muçulmanos que procuram as igrejas para aceitarem a Jesus.
“Muitos dos muçulmanos querem se tornar cristãos, mas eles têm medo de serem mortos ou pressionados por colegas muçulmanos”, relatou um cristão nigeriano.
Mesmo com a experiência de ver muçulmanos se convertendo ao Evangelho, os cristãos locais esperam que o governo e a Organização das Nações Unidas (ONU) encontrem uma solução definitiva para as ações terroristas do Boko Haram.
“É preciso haver uma resposta adequada para acabar com a violência e restabelecer uma situação de paz no norte da Nigéria, onde muçulmanos e cristãos possam viver juntos, exercer os seus direitos e ter igual acesso à educação, ao trabalho e à liberdade de adoração”, concluiu o relatório.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…