Pular para o conteúdo principal

Igreja se reúne debaixo de árvore após ter templo queimado

Desde o ano passado, as igrejas na Tanzânia estão sofrendo com ataques provocados pela intolerância contra os cristãos. São três igrejas queimadas este ano. Primeiro foi uma Assembleia de Deus, depois uma outra igreja pentecostal local e agora uma católica.
Os ataques sempre são feitos durante a noite. Segundo testemunhas, pessoas desconhecidas aparecem de repente, entram no templo, colocam todas as coisas sobre o altar, derramam gasolina e ateiam fogo. Depois, fogem correndo, antes que os bombeiros cheguem.
O mais recente, em 2 de maio, foi na região de Kagera, que fica na fronteira com Uganda, Burundi e Ruanda. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelos incêndios e a polícia não prendeu ninguém até agora.  A população cristã teme uma nova “onda” de incêndios, como a que ocorreu no país em setembro de 2015. Foram seis igrejas queimadas.
O secretário da organização de pastores locais, disse na época. “Até agora ninguém foi responsabilizado e isso é inaceitável. Igrejas cristãs de diversas denominações são totalmente destruídas em questão de minutos. Agora estão adicionando parafina ao combustível, para garantir o máximo de danos. Estamos preocupados, pois isto já se tornou uma tendência e não pode ser ignorada pelas autoridades”.
Vários incêndios criminosos vêm correndo no país desde 2013. Somadas, são 22 igrejas cristãs destruídas pelo fogo. Fortunato Bijura, líder de uma das igrejas queimadas recentemente, disse que isso não impedirá que congregação continue se reunindo: “Os que pensam que a destruição de nossa igreja nos fará parar de orar, estão errados… há uma grande árvore perto da igreja e ali vamos continuar nos reunindo para fazer orações e ler a Bíblia”.
A Tanzânia é o 36º país na Classificação da Perseguição Religiosa, da missão Portas Abertas. Cerca de 50% da população da Tanzânia é cristã, enquanto 30% é muçulmana. Contudo, existe um grande movimento político para a implantação da sharia (lei islâmica) no país. A falta de empenho das autoridades em prender e punir os responsáveis demonstra que eles agem com algum tipo de ‘cobertura’ oficial. Com informações Charisma News

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é Infarto?

Sinônimos: Infarto agudo do miocárdio, Parada cardíaca, Ataque cardíaco Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado por um tempo prolongado, de modo que parte do músculo cardíaco seja danificado ou morra. Os médicos chamam isso de infarto do miocárdio. Causas A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias. As artérias coronárias levam sangue e oxigênio para o coração. Se o fluxo sanguíneo estiver bloqueado, o coração ficará sem oxigênio e as células cardíacas morrerão. A maioria dos ataques cardíacos é causada por um coágulo sanguíneo que bloqueia uma das artérias coronárias Um substância dura chamada placa pode se acumular nas paredes de suas artérias coroná…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Profecias sobre a Síria estão se cumprindo em nossos dias?

O ataque mais recente das forças dos Estados Unidos voltaram os olhos do mundo para a Síria. Há quase sete anos em guerra, o país está sendo destroçado por uma guerra civil que transformou parte da nação em uma pilha de ruínas. Agora que o presidente Trump afirma que podem ocorrer mais ataques militares, o presidente Bashar Al Assad já admite que lhe restam poucas alternativas. Alguns estudiosos das profecias lembram de Isaías 17: 1. Cerca de 750 anos antes de Cristo o profeta anunciou: “Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas”. Até o momento, a capital da Síria foi preservada de grandes ataques, pois os jihadistas do Estado Islâmico e grupos associados mantinham o controle apenas da porção norte do país, mas os conflitos se aproximam da cidade, sede do governo. Uma das cidades continuamente habitada mais antigas do mundo, ela nunca viu uma destruição como a anunciada por Isaías.  Até recentemente dizia-se que o cumprimento da profecias deu-se…