Pular para o conteúdo principal

Cristãos usam ônibus de Londres para divulgar frases de Jesus e evangelizar às vésperas da Páscoa

O cristianismo na Inglaterra enfrenta uma fase de desafios, com a popularização do islamismo no país e o avanço da secularização na sociedade e nas próprias igrejas. Mas, um grupo de fiéis resolveu reagir e evangelizar, na capital inglesa, Londres, usando um dos símbolos da cidade.
Os ônibus vermelhos de dois andares, conhecidos como Routemasters, são de longe, um dos principais ícones da capital inglesa, e nos últimos anos, se tornaram um local de publicidade, com painéis nas laterais.
Os “cartazes ambulantes” foram vistos pelos cristãos londrinos como uma oportunidade de evangelismo, publicando frases de Jesus e um endereço de site para que os curiosos acessem e saibam um pouco mais sobre quem foi o nazareno e do que se trata o Evangelho.
A publicidade, a princípio, está limitada ao perído que antecede a Páscoa, e vem sendo financiada pelo movimento Quote Jesus, que contratou o espaço de propaganda de 75 ônibus, ao longo de duas semanas.
Dentre as frases escolhidas para serem veiculadas estão algumas das mais famosas de Jesus, como “Todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá”; “na casa de meu Pai há muitas moradas” e “eu sou o caminho, a verdade e a vida”.
“Diante dos ataques terroristas que têm afligido nossa região, a falta de esperança está se tornando um problema nesta geração”, comentou Howard Conder, idealizador da campanha e fundador da Revelation TV.
De acordo com informações do Christian Today, Conder decidiu ir adiante com a iniciativa por notar que “esta geração está perdendo a esperança porque tem pouco conhecimento do que a Bíblia tem a dizer”, e assim, é preciso levar a mensagem das Escrituras a todos.
“Nós acreditamos que a Bíblia tem muito a dizer sobre esperança e nossa visão para esta campanha é influenciar os corações, as mentes e as percepções desta geração, para oferecer a ela esperança e fé num futuro melhor”, acrescentou.
A ideia é que, no futuro, seja possível expandir a campanha para outros locais no Reino Unido, na Europa e, quem sabe, ao redor do mundo, usando os meios de transporte para evangelizar.
“Cresci no mundo da música e fui exposto a muitas influências ruins, mas as palavras de Jesus me transformaram. Eu quero que as pessoas também experimentem isso e entendam que há esperança para um mundo melhor”, finalizou o idealizador do projeto.
Fonte: Gospel +

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banda Catedral anuncia última turnê e o seu fim

Em vídeo, os integrantes da banda, Kim, Júlio Cézar e Guilherme Morgado anunciam que o CD e DVD dos 25 anos da banda será o último trabalho. 

Nesta sexta-feira, 22 de maio, os integrantes da Banda Catedral anunciaram em vídeo, que, a gravação do Cd e DVD em comemoração aos 25 anos da banda, que será gravado em Belém (PA) e em Recife (PE), será o seu último trabalho.

O último trabalho em vídeo que vai celebrar os 25 anos de carreira da banda, recebeu o nome de “Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos”.

“Música Inteligente Ao Vivo 25 Anos” será o quarto trabalho ao vivo do Catedral em DVD. Os outros títulos já lançados são “Catedral 10 Anos Ao Vivo”, “Acima do Nível do Mar - 15 Anos” e “Catedral 20 Anos de Estrada Ao Vivo”. Além desses DVDs, a banda tem outro título, “Mais que Amigos = Irmãos”, em parceria com a banda Novo Som.

Catedral é uma banda brasileira de rock cristão, formada no Rio de Janeiro em 1988, conhecida por abordar nas letras de suas canções uma mensagem cristã positiva e popula…

Mensagem do Pr. Clodoaldo

Ouça mais uma mensagem abençoada por Deus através do nosso querido Pr. Clodoaldo, esta mensagem foi entregue dia 05/07/2015 no culto de Santa Ceia no Templo Sede da IEADN.

Seja abençoado em nome de Jesus.













Onda de ataques deixa 800 cristãos mortos e 16 igrejas destruídas

A Arquidiocese de Kafanchan divulgou esta semana que os últimos ataques no sul do estado de Kaduna, Nigéria, resultou em mais de 800 mortos. Cinquenta e três aldeias foram invadidas por soldados islâmicos, da etnia fulani. As autoridades reconhecem que falharam em proteger os habitantes locais, mas não anunciaram que providencias tomariam. Durante uma coletiva de imprensa, Ibrahim Yakubu, responsável pela arquidiocese e quatro outros padres apresentaram um relatório completo, mostrando que foram invadidas 1422 casas e destruídas 16 igrejas, além de uma escola primária cristã. Ao total, morreram 808 pessoas e mais 57 ficaram feridos. Ao jornal The National, Yakubu pediu que todas as famílias que perderam entes queridos ou propriedade recebessem algum tipo de compensação e que seja criada uma comissão oficial para investigar os casos. Já o senador Sani Shehu, reclamou que o estado de Kaduna esteja se transformando em “um matadouro e um cemitério onde vidas humanas não tem valor”. Ele af…